A existência de uma instituição educacional é um acreditar constante na transformação de realidades. Hoje, a pedagogia brasileira aponta caminhos em que a formação das novas gerações precisa contar com propostas que acompanhem progresso frenético e que, em turbilhão, envolve a todos.

Fortalecidos por esta necessidade, nosso projeto político-pedagógico se ancora em “um fazer pedagógico pautado na percepção da urgência em buscar formas diferenciadas nos processos de construção do conhecimento, reconhecendo que o saber empírico deve servir de ponte para a aquisição do saber cientificamente produzido pela humanidade, e, para tal, o professor precisa se instrumentalizar, tendo como eixo de sua prática os interesses e necessidades do aluno enquanto cidadão”. A proposta, direcionada pela lógica dialética, voltada para a compreensão dos mecanismos de assimilação e construção do conhecimento, tem como desafios minimizar as questões ligadas ao fracasso escolar e compreender a relação professor-aluno como partes indissociáveis do processo de ensinar-aprender.

Na prática, viabiliza o projeto através dos Livros Didáticos – cujos autores são todos do Corpo Docente desta Instituição; salas ambientes, equivalência das disciplinas, relatórios de avaliação, dois recreios alternados e projetos oferecidos tais como: Laboratório de Aprendizagem – com monitores de todas as matérias; Laboratório de Informática; Sala de Artes; Grupos de Teatro.